domingo, 17 de novembro de 2013

Dia da Consciência Negra



POESIA

Negro é uma coisa só

Quando se mistura todas as cores
Não vira negro
Vira branco, a cor nenhuma
Negro fez o Brasil
Negro é Bonito
Negro deveria estar em nossa Bandeira
O resto é coisa de gente...

Ulisses Tavares
........................................................................................

UM POUCO DA HISTÓRIA



Quem foi Zumbi e realizações
Zumbi dos Palmares nasceu no estado de Alagoas no ano de 1655. Foi um dos principais representantes da resistência negra à escravidão na época do Brasil Colonial. Foi líder do Quilombo dos Palmares, comunidade livre formada por escravos fugitivos das fazendas. O Quilombo dos Palmares estava localizado na região da Serra da Barriga, que, atualmente, faz parte do município de União dos Palmares (Alagoas). Na época em que Zumbi era líder, o Quilombo dos Palmares alcançou uma população de aproximadamente trinta mil habitantes. Nos quilombos, os negros viviam livres, de acordo com sua cultura, produzindo tudo o que precisavam para viver.

Embora tenha nascido livre, foi capturado quando tinha por volta de sete anos de idade. Entregue a um padre católico, recebeu o batismo e ganhou o nome de Francisco. Aprendeu a língua portuguesa e a religião católica, chegando a ajudar o padre na celebração da missa. Porém, aos 15 anos de idade, voltou para viver no quilombo.

No ano de 1675, o quilombo é atacado por soldados portugueses. Zumbi ajuda na defesa e destaca-se como um grande guerreiro. Após um batalha sangrenta, os soldados portugueses são obrigados a retirar-se para a cidade de Recife. Três anos após, o governador da província de Pernambuco aproxima-se do líder Ganga Zumba para tentar um acordo, Zumbi coloca-se contra o acordo, pois não admitia a liberdade dos quilombolas, enquanto os negros das fazendas continuariam aprisionados.

Em 1680, com 25 anos de idade, Zumbi torna-se líder do quilombo dos Palmares, comandando a resistência contra as topas do governo. Durante seu “governo” a comunidade cresce e se fortalece, obtendo várias vitórias contra os soldados portugueses. O líder Zumbi mostra grande habilidade no planejamento e organização do quilombo, além de coragem e conhecimentos militares.

bandeirante Domingos Jorge Velho organiza, no ano de 1694, um grande ataque ao Quilombo dos Palmares. Após uma intensa batalha, Macaco, a sede do quilombo, é totalmente destruída. Ferido, Zumbi consegue fugir, porém é traído por um antigo companheiro e entregue as tropas do bandeirante. Aos 40 anos de idade, foi degolado em 20 de novembro de 1695.

Importância de Zumbi para a História do Brasil 
Zumbi é considerado um dos grandes líderes de nossa história. Símbolo da resistência e luta contra a escravidão, lutou pela liberdade de culto, religião e pratica da cultura africana no Brasil Colonial. O dia de sua morte, 20 de novembro, é lembrado e comemorado em todo o território nacional como o Dia da Consciência Negra.

Fonte: www.suapesquisa.com.br
........................................................................................

VÍDEO

História "Menina Bonita do Laço de Fita", de Ana Maria Machado.

História "Menina Bonita do Laço de Fita" com atividade


........................................................................................

TRABALHANDO AS DIFERENÇAS

Excelente livro que não posso deixar de ler para meus alunos...













O TEXTO EM VÍDEO

........................................................................................

MAIS ATIVIDADES



........................................................................................

ALGUNS NEGROS NOTÁVEIS DA HISTÓRIA

10 negros notáveis da história moderna

Comemorando, mesmo que de forma atrasada, o dia da consciência negra, resolvemos publicar os 10 negros mais notáveis da história moderna. Parabéns a todos os negros do nosso país e do mundo. Curtam ai. A propósito qual o seu personagem negro favorito?
10º - Edson Arantes do Nascimento – Pelé
MAIOR FEITO : Reconhecido como o atleta do século XX.
Pelé é o maior futebolista da história.Em 1999, foi eleito o Futebolista do Século pela International Federation of Football History and Statistics. No mesmo ano, a revista francesa France Football consultou os ex-vencedores do Ballon D’Or para eleger o Futebolista do Século; Pelé classificou-se em primeiro. Em sua carreira, no total, marcou 1281 gols em 1363 partidas, número que fez dele o maior artilheiro de toda história do futebol. Recebeu o título de Atleta do Século de todos os esportes em 15 de maio de 1981, eleito pelo jornal francês L’Equipe. No fim de 1999, o Comitê Olímpico Internacional, após uma votação internacional entre todos os Comitês Olímpicos Nacionais associados, também elegeu Pelé o “Atleta do Século”. A FIFA também o elegeu, em 2000, numa votação feita por renomados ex-atletas e ex-treinadores como: O Jogador de Futebol do Século XX.
9º – Charles Drew
MAIOR FEITO : Criador dos bancos de sangue de larga escala.
Dr. Charles Richard Drew nascido em 3 de junho de 1904 , tendo falecido em  1º de abril de 1950, foi um médico e pesquisador afro-americano. Pesquisou no domínio das transfusões sanguíneas, desenvolvendo melhores técnicas de armazenamento de sangue, e aplicou seus conhecimentos especializados no desenvolvimento de grande escala de bancos de sangue no início da Segunda Guerra Mundial. Ele protestou contra a prática da segregação racial na dádiva de sangue de doadores de diferentes raças, uma vez que faltava fundamento científico. Em 1943, Drew obteve distinção na sua profissão quando se tornou o primeiro cirurgião afro-americano a servir como um examinador na Câmara Americana de Cirurgia. Graças a seu trabalho milhões de vidas são salvas todos os anos.
8º - Michael Jackson
MAIOR FEITO : Reconhecido como o maior ícone negro de todos os tempos, abriu espaço para os negros na mídia americana e mundial.
Michael Joseph Jackson nasceu em 29 de agosto de 1958 , tendo sua morte precoce em  25 de junho de 2009, foi  cantor, compositor, dançarino, produtor, empresário, arranjador vocal e filantrópico norte-americano. Segundo a revista Rolling Stone faturou em vida cerca de US$ 7 bilhões de dólares fazendo dele o artista mais rico de toda a história, e um ano após sua morte faturou cerca de US$ 1 bilhão de dólares. Começou a cantar e a dançar aos cinco anos de idade, iniciando-se na carreira profissional aos onze anos como vocalista dos Jackson 5. Reconhecido nos anos seguintes como Rei do Pop (King Of Pop), cinco de seus álbuns de estúdio se tornaram os mais vendidos mundialmente de todos os tempos: Off the Wall (1979), Thriller (1982), Bad (1987), Dangerous (1991) e HIStory (1995). Em idade adulta, gravou o álbum mais vendido e popular da história, Thriller. Jackson é frequentemente citado como “O maior ícone negro de todos os tempos”, e com grande importância para a quebra de barreiras raciais, abrindo portas para a dominação da música negra na música popular, e pessoas como Oprah Winfrey e Barack Obama conseguirem o status que tem hoje em dia.
7º – Ray Charles
MAIOR FEITO : Reconhecido como o 2º maior cantor de todos os tempos, negou-se a cantar em estabelecimentos segregados.
Ray Charles natural de Albany, nascido em 23 de Setembro de 1930, vindo a falecer em Los Angeles, 10 de Junho de 2004. Foi um pianista pioneiro e cantor de música soul que ajudou a definir o seu formato ainda no fim dos anos 50, além de um inovador intérprete de R&B. Vindo de uma família pobre perdeu completamente a visão ainda garoto. Considerado um dos maiores gênios da música negra americana, Ray Charles também foi um dos responsáveis pela introdução de ritmo gospel nas músicas de R&B. Foi eleito pela Rolling Stone o 2º maior cantor de todos os tempos e 10º maior artista da música de todos os tempos, tendo influenciado todos as gerações de músicos americanos seguintes.
6º – Joaquim Barbosa
MAIOR FEITO : Primeiro negro a presidir o STF.
Joaquim Benedito Barbosa Gomes natural de Paracatu – MG, nasceu em 7 de outubro de 1954. Nascido de família pobre, foi sozinho para Brasília aos 16 anos de idade,  onde conseguiu um emprego no Correio Brazilense e terminou seu ensino médio em instituição pública. Bacharel em direito pela Universidade de Brasília, onde também obteve mestrado em Direito do Estado. Foi Oficial de Chancelaria do Ministério das Relações Exteriores, e posteriormente aprovado no concurso para procurador da república. Sendo fluente em  francês, inglês, alemão e espanhol, foi ainda estudar na França, onde obteve mestrado e doutorado em Direito Público pela Universidade de Paris, foi ainda visiting scholar no Human Rights Institute da faculdade de direito da Universidade Columbia em Nova York (1999 a 2000) e na Universidade da Califórnia Los Angeles School of Law (2002 a 2003). Indicado por Lula como ministro do STF em 2003, foi escolhido este ano como o primeiro negro à presidir o Supremo Tribunal Federal brasileiro. Tem atualmente ganhado admiração da sociedade como sendo um defensor da moral nos julgamentos do caso do “mensalão petista”, julgamento que entra na história pela condenação de corruptos do alto escalão social.
5º – Machado de Assis
MAIOR FEITO : Fundador da Academia Brasileira de Letras.
Joaquim Maria Machado de Assis (Rio de Janeiro, 21 de junho de 1839 — Rio de Janeiro, 29 de setembro de 1908) foi um escritor brasileiro, amplamente considerado como o maior nome da literatura nacional. Escreveu em praticamente todos os gêneros literários, sendo poeta, romancista, cronista, dramaturgo, contista, folhetinista, jornalista, e crítico literário.Testemunhou a mudança política no país quando a República substituiu o Império e foi um grande comentador e relator dos eventos político-sociais de sua época. Nascido no Morro do Livramento, Rio de Janeiro, de uma família pobre, mal estudou em escolas públicas e nunca frequentou universidade. Os biógrafos notam que, interessado pela boemia e pela corte, lutou para subir socialmente abastecendo-se de superioridade intelectual. Em sua maturidade, reunido a colegas próximos, fundou e foi o primeiro presidente unânime da Academia Brasileira de Letras. Sua influência literária é notável, tanto no Brasil como mundialmente.
4º - Rosa Parks
MAIOR FEITO : Com sua atitude deu início as reformas igualitárias nos EUA.
Rosa Louise McCauley, mais conhecida por Rosa Parks natural de Tuskegee no Alabama, nascida em 4 de fevereiro de 1913, vindo a falecer em 24 de outubro de 2005, foi uma costureira negra norte-americana, símbolo do movimento dos direitos civis dos negros nos Estados Unidos. Ficou famosa, em 1º de dezembro de 1955, por ter-se recusado frontalmente a ceder o seu lugar no autocarro, ou ônibus, a um branco, tornando-se o estopim do movimento que foi denominado Boicote aos Autocarros de Montgomery e posteriormente viria a marcar o início da luta antissegregacionista. Foi uma militante dos direitos dos negros, recebendo diversas homenagens, em vida e póstumas. Servindo ainda de inspiração pela luta da igualdade em todo mundo e para os discursos de Martin Luther King.
3º - Barack Obama
MAIOR FEITO : Primeiro presidente negro dos EUA.
Primeiro presidente negro dos Estados Unidos, Barack Obama, já tinha uma carreira política de sucesso antes de eleito, sendo o único senador afro-americano na legislatura anterior. Graduado em ciências políticas, Obama foi senador pelo estado de Illinois. Foi ainda o detentor do nobel de paz de 2009. Em 2010 foi eleito a segunda pessoa mais poderosa do mundo pela revista Forbes, já tendo ocupado o 1º lugar anteriormente.
2º - Martin Luther King Jr.
MAIOR FEITO : Foi o maior defensor dos direitos dos negros dos EUA e um dos maiores do mundo.
Martin Luther King, Jr. natural da cidade de Atlanta, nascido em 15 de janeiro de 1929, foi um pastor protestante e ativista político estadunidense. Tornou-se um dos mais importantes líderes do movimento dos direitos civis dos negros nos Estados Unidos, e no mundo, com uma campanha de não violência e de amor ao próximo. Um ministro Batista, King tornou-se um ativista dos direitos civis no início de sua carreira. Liderando várias marchas e manifestações que culminaram em seu famoso discurso em Washington: ”I Have a Dream”. Em 14 de outubro de 1964 King recebeu o Prémio Nobel da Paz pelo o combate à desigualdade racial através da não violência. Nos próximos anos que antecederam a sua morte, ele expandiu seu foco para incluir a pobreza e a Guerra do Vietnã, alienando muitos de seus aliados liberais com um discurso de 1967 intitulado “Além do Vietnã”. King foi assassinado em 4 de abril de 1968, em Memphis, Tennessee. Ele recebeu postumamente a Medalha Presidencial da Liberdade em 1977 e a Medalha de Ouro do Congresso em 2004; Dia de Martin Luther King, Jr. foi estabelecido como um feriado federal dos Estados Unidos em 1986. Centenas de ruas nos EUA também foram renomeadas em sua homenagem.
1º - Nelson Mandela
MAIOR FEITO : reconhecidamente o maior líder negro da história moderna libertando seu povo de um regime racista.
Nelson Rolihlahla Mandela, nasceu na cidade de  Mvezo em 18 de julho de 1918,  é um advogado, ex-líder rebelde e ex-presidente da África do Sul de 1994 a 1999, considerado como o mais importante líder da África Negra, ganhador do Prêmio Nobel da Paz de 1993, e Pai da Pátria da moderna nação sul-africana.  Até 2009 havia dedicado 67 anos de sua vida a serviço da humanidade – como advogado dos direitos humanos e prisioneiro de consciência, até tornar-se o primeiro presidente da África do Sul livre, razão pela qual em sua homenagem a ONU instituiu o Dia Internacional Nelson Mandela no dia de seu nascimento, como forma de valorizar em todo o mundo a luta pela liberdade, pela justiça e pela democracia. Foi o mais poderoso símbolo da luta contra o regime segregacionista do Apartheid, sistema racista oficializado em 1948, e modelo mundial de resistência, ficando preso por quase três décadas por ser considerado um terrorista pelo governo da época. No dizer de Ali Abdessalam Treki, Presidente da Assembleia Geral das Nações Unidas, “um dos maiores líderes morais e políticos de nosso tempo“.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada por deixar seu comentário.